7ª Conferência Internacional Igualdade Parental SÉC XXI
Pelo 7º ano consecutivo a Associação Portuguesa para a Igualdade Parental e Direitos dos Filhos organiza, este ano em conjunto com a Associação Escola das Emoções, a sua Conferência Internacional “Igualdade Parental Séc.XXI”.

 

Este ano, a 7ª Conferência Internacional “Igualdade Parental Séc. XXI” decorrerá noTeatro Miguel Franco em Leiria (R. Dr. Correia Mateus 40, 2400-137 Leiria), sob o tema Parentalidade e Justiça: Práticas e dinâmicas”, nos dias 6 e 7 de junho de 2018.

Este ano a APIPDF mudou o formato da conferência, de forma a torna-la mais fluída, objetiva e permitir uma discussão mais ampla entre os diferentes participantes e oradores. Assim, teremos como keynote speakers a oradora Karen Woodall (Inglaterra), Paulo Akiyama (advogado brasileiro), Jacqueline Cerruti(juiz brasileira), José Luis Sariego Morillo (advogado e mediador familiar espanhol) e Marie-France Carlier (Juiz belga). Em 7 edições é a primeira vez que esta conferência tem 5 oradores estrangeiros, numa clara aposta na partilha de outras experiências que nos ajudem à reflexão de soluções dos problemas concretos que as crianças e a sua família enfrentam nos dias de hoje em Portugal.

Nesse sentido, com vista à partilha de conhecimento, experiências e reflexões vamos ainda contar com oradores nacionais como: Rute Agulhas (Psicóloga especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, Psicoterapia e Psicologia da Justiça), Sofia Marinho (Socióloga e investigadora no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, U. Lisboa), Eva Delgado Martins (Psicóloga clínica), Pedro Raposo de Figueiredo (Juiz de Direito na Comarca de Coimbra), João Pedro Chasqueira (advogado), Ana Rita Gil (Professora Auxiliar Convidada da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade Católica Portuguesa), Joana Baptista (Investigadora na Escola de Psicologia da Universidade do Minho) e Margarida Lobo Antunes (Médica Pediatra).

Nesta 7ª edição da Conferência Internacional optou-se por centrar as temáticas em apenas duas, de forma a permitir uma melhor reflexão e discussão sobre as mesmas: a coparentalidade/residência alternada e a alienação parental/conflitos parentais. Entendeu a organização que estas são as temáticas mais prementes que necessitam de ser colocadas em destaque, até em consequência da Petição em prol da presunção jurídica da residência alternada que a APIPDF tem atualmente a decorrer e que está próxima de ter as assinaturas necessárias para ser discutida no Parlamento português. Tornar evidente que a igualdade parental é fundamental para o bem-estar das crianças e com isso influenciar as políticas públicas torna-se hoje uma exigência clara da sociedade civil.

A APIPDF acredita que a Conferência Internacional que organiza desde 2012, se tem constituído um evento de referência na temática da Igualdade Parental, pretendendo sempre privilegiar a qualidade dos oradores estrangeiros e nacionais e facilitar à população em geral o acesso à participação no mesmo, através de preços acessíveis.

A 7ª Conferência Internacional continua a ter como público-alvo pais, mães, avós, filhos/as, magistrados judiciais e do Ministério Público, advogados, diretores de escola e de turma, conservadores do registo civil, órgãos de polícia criminal, técnicos dos serviços de reinserção social e da Segurança Social, membros das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, profissionais de organismos do Estado Central e Local e de organizações de solidariedade social com intervenção na área da família, da infância e da juventude, dos meios de comunicação social, estudantes, professores e investigadores nas áreas das Ciências Sociais (Psicologia, Sociologia, Direito, Serviço Social, entre outras).

 

As inscrições estão já abertas online  até ao dia 4 de junho de 2018, ficando posteriormente disponível a inscrição no próprio dia a um preço mais elevado.