16 Agosto, 2011
Exposição à Bastonária da Ordem dos Enfermeiros elaborada pela Direção de Castelo Branco do SEP, sobre a falta de cumprimento das dotações necessárias de enfermeiros nalguns serviços da ULS de Castelo Branco.

“Exmª Senhora Bastonária,

A Direcção Regional de Castelo Branco, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, vem junto de V.a. Ex.a. manifestar a sua profunda preocupação por, na ULS Castelo Branco -EPE, ainda persistir em alguns serviços apenas um (1) enfº/Turno: Na Psiquiatria sempre no turno da tarde e noite; Na urologia em alguns turnos da noite. Outra situação prende-se com o serviço de urgência geral, onde apenas estão escalados, três (3) enfermeiros no turno da noite, o que na nossa opinião e da equipa, com a qual realizámos uma reunião no passado dia 3 de Agosto de 2011, é manifestamente insuficiente, face ao número de postos de trabalho (áreas) que, naturalmente, não deixam de funcionar no período nocturno.

Especificando: 1- Triagem de MANCHESTER – um(1) enfº. 2- Médica (2 balcões de atendimento e sala de tratamento, Dois (2) enfºs nos turnos da manhã e tarde); 3- Ortotraumatologia (balcão de Cirurgia, ortopedia e sala de pequena cirurgia) – Dois (2) enfºs nos turnos da manhã e tarde); 4- Pediatria (balcão de atendimento e sala de trabalho) – um (1) enfº nos turnos de manhã e tarde); 5-SO – serviço de observação – Seis camas, duas delas destinadas à via verde AVC’s e Coronária – um (1) enfº nos turnos da manhã e tarde; Emergência – sala de reanimação – não possui distribuição específica.

Acresce que, é durante o período nocturno, por razões alheias à equipa de enfermagem, que são realizados muitos dos internamentos dos doentes nos serviços, recaindo esse trabalho nos três (3) enfermeiros escalados no turno da Noite.

Assim, esta estrutura sindical solicita a V.a Ex.a a avaliação da situação exposta, bem como a tomada de medidas que entender por convenientes”.