14 Novembro, 2020
Protesto no Hosp. S. José pelo despedimento de 2 enfermeiras
Estivemos em protesto à porta do Hospital de S. José face aquilo que este Conselho de Administração faz, em plena pandemia, desconsiderando a profissão.

 

O que está em causa neste protesto em frente ao Hospital de S. José tem a ver com a não renovação dos contratos de duas enfermeiras.

Os enfermeiros reagem à não renovação do contrato de duas enfermeiras: uma grávida e outra com doença degenerativa. Tinham Contrato de Substituição por Tempo Indeterminado.

“Os enfermeiros que são contratados com vínculo precário, ou a termo certo ou incerto, com o tempo vão passando a contrato sem termo. Consideramos esta situação discriminatória. Estas situações de baixa são devido a situação clínica”, refere Isabel Barbosa, Dirigente da Direção Regional de Lisboa do SEP.

É também de referir que este hospital tem em falta pelo menos 400 enfermeiros, uma necessidade que se arrasta há vários anos, sendo agravada pela pandemia.