11 Novembro, 2014
Enfermeiros do Centro Hospitalar do Médio Tejo fazem uma Greve de 3 dias contra os 3€/h pagos aos subcontratados e exigem vinculação definitiva destes colegas.

Sobre esta contratação vergonhosa o SEP responsabiliza em primeiro lugar o Conselho de Administração do Centro Hospitalar e depois o Ministério da Saúde que, após meses de negociações sobre a carência de enfermeiros e formas de contratação legais, continua a permitir este tipo de aberrações!

Também a ausência de dotações seguras, as irregularidades na organização do tempo de trabalho e a coação sobre os enfermeiros são razões apontadas para o agendamento destes 3dias de greve.

A ausência de resposta, por parte do Conselho de Administração aos sucessivos pedidos de reunião efectuados pelo SEP também foi avaliada pelos enfermeiros, no plenário onde foi decidido a imperatividade de se avançar para a greve.