24 Abril, 2012
O SEP reuniu com Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Setúbal no dia 9 de março para abordar diversos assuntos, como a impossibilidade de implementar a avaliação do desempenho, os cortes indevidos nos vencimentos e o pagamento das horas complementares aos CIT.

 

Avaliação do Desempenho

Por incumprimento do calendário negocial por parte do Ministério da Saúde, não está ainda terminada a negociação da Carreira de Enfermagem no que diz respeito à direção de enfermagem o que inviabiliza a constituição da Direcção de Enfermagem no Centro Hospitalar e consequente implementação da Avaliação do desempenho, segundo portaria nº 242/2011.

 

Reposicionamento de graduados

O Conselho de Administração garantiu que, este ano, todos os Enfermeiros abrangidos pelo faseamento decorrente da aplicação do DL 122/2010, estão já reposicionados.

 

Verbas retiradas no início de 2011

no início do ano de 2011 foi aplicado o corte na remuneração devido ao OE de 2011, contudo, tratando-se de horas de qualidade referentes a 2010 o SEP defendeu que estes valores tinham que ser devolvidos. A Enfermeira diretora garantiu que estes valores foram repostos entre novembro e dezembro de 2011.

 

Em relação aos CIT receberem pelo DL 62/79

Na reunião de 24 de maio 2011, entre o SEP e o C. A. do Centro Hospitalar Setúbal, defendemos que todos os enfermeiros a CIT deviam, legalmente receber as horas complementares, pelo DL 62/79. Este ano, o Centro Hospitalar Setúbal iniciou o pagamento aos colegas em conformidade, concretizando um justo aumento salarial, defendido desde sempre pelo SEP.

O SEP defende e mantém a sua argumentação – não aceita a descriminação dos colegas a CIT. Quem cumpre todos os deveres, deve usufruir de todos os direitos.

 

Hospital do Outão

O Hospital do Outão, passou a consagrar 30 minutos para a passagem do turno, decorrente da intervenção do SEP.